quarta-feira, 23 de junho de 2010

Maçonaria recruta

Ao folhear a separata de Economia do último número do semanário Sol, dei com este anúncio intrigante:


Como é natural, depois de ler e reler o anúncio, fiquei perdido, receando, como Poe ao abrir a porta à treva enorme (n'O Corvo, versão de Frenando Pessoa). Será que a maçonaria já se vê obrigada a recrutar os seus membros por anúncios no jornal? E vem recrutar em Portugal para a loja de Lyon? E paga, embora pouco? E o novo iniciado fica logo com o cargo de Chefe de Obra a gerir uma equipa de 5 a 8 maçons? E como se compreende que sendo a maçonaria uma sociedade secreta faculte assim a todos os leitores do Sol o seu endereço electrónico e o número de telefone? Ou será possível que, mais prosaicamente, alguém traduziu maçonnerie por maçonaria? Francamente, esta última hipótese custa-me a crer.

1 comentário:

AMF disse...

Meu caro, maçonnerie em França é trabalho de pedreiro para nós.